Seguidores

13 de ago de 2011

MARIA DOS FAVORES

N. 463
T. OAST
T. 100X100X04 cm
2011

7 comentários:

Antonio Machado disse...

Caro Jaime,
essa Maria dos Favores me faz lembrar da infância, do tempo das mercearias onde se comprava Matte Leão em caixas de madeira. Antigamente se ouvia a novela "Jerônimo o herói do sertão" ele era filho de Maria Homem. Acho que viajei um pouco e esqueci de dizer que gostei de mais essa obra expressionista!
Um grande abraço

Art disse...

This is a very beautiful and mysterious image, great work!

Isabel Martínez Barquero disse...

Tiene María un halo de tristeza en su rostro.
Muy bello, querido Jaime.
Besos.

Eliane Accioly disse...

Jaime,
feliz por você curtir a (sua) vida:

"Início: saudades....
Meio: subir o rio...
Fim: belo jantar...
na terceira margem do rio..."

E por se lembrar do blog. Estava com saudades, adorei sua visita.
Curta muuuiiito a vida... maravilhosa e breve.
Os poetas sabem disto.

Grande abraço!

Eliane Accioly disse...

Adoro seus trabalhos de pintor.
cada qual ultrapassando o outro.
Sei como é difícil e sofrido pintar. Para mim é.

Tudo com charme disse...

Belas obras!!
Parabéns!
Jad

Tais Luso disse...

Caro Jaime:
Vi várias de suas pinturas. Chamou muito minha atenção os títulos... encaixa tão bem, parece uma crônica em composição pictórica, alternada por lindas cores, ótimo traçado; muitas obras expressionistas, outras beiram ao surrealismo e muito claro está o recado que você passa. A Maria dos favores mostra uma tristeza impressionante. Por que será?
Gostei muito da chuva em azul.

Parabéns.
Abraço
Tais Luso